revista o Viés

Arquivo para December, 2010

REVISTA O VIÉS IMPRESSA, TENHA A SUA!

A revista pode ser adquirida no bar Macondo Lugar, no Café Cristal e com os redatores da revista. Para quem não morar em Santa Maria a revista pode ser adquirida entrando em contato pelo e-mail impressa@revistaovies.com e pedir a sua (ao preço da revista será somado o custo da postagem). A revista custa módicos 2 reais.

Leia mais

O MÉTODO

“O que você faria?” (El metodo, 2005) é um misto de drama e humor irônico. Toda a trama se passa em poucos ambientes, uma sala de reuniões, corredores, banheiros, nada mais que isso. Esse é, com certeza, um dos pontos fortes do filme, manter a tensão durante quase duas horas com pouca “ação” de fato.

Leia mais

HISTÓRIA DE UM PAÍS FECHADO

Orwell na década de 30 e jovens do século XXI retratam a Birmânia (Mianmar) em livro e documentário.

Leia mais

DIÁRIO DE UMA PASSAGEM parte I

Muitos estrangeiros visitam a Bolívia e tentam registrar a cultura e as pessoas do país. Isso me parece bom, mas me pergunto se essa valorização do boliviano não deveria ter começado no mínimo há cinco séculos.

Leia mais

NELCI FOI PROS BAMBAS

Nelci mudou de Escola. Agora vai desfilar nos Bambas.

Leia mais

O AMOR SÓ EXISTE PARA QUEM AMA

Marie e Francis se amavam como amigos. Marie e Francis se apaixonaram por Nicolas, que não amava ninguém.

Leia mais

AI, NÃO ME BATE DOUTOR

“Apanhei do meu pai, apanhei da vida, apanhei da polícia, apanhei da mídia”. A criminalização do funk na mídia (lê-se aqui mídia hegemônica) é prática histórica da sociedade burguesa na exclusão social e racial¹ e, hoje, na criminalização das drogas.

Leia mais

A MOÇA DO OUTDOOR

Existe sempre um momento do dia em que eu fico feliz de estar aqui. Mas, dependendo do tempo, que costuma passar sempre igual, meus maxilares começam a protestar.

Leia mais

O ALTERMUNDISMO NO LE MONDE DIPLOMATIQUE BRASIL

O Le Monde Diplomatique Brasil celebra três anos de sua edição impressa. Este artigo aponta a razão para a celebração: o altermundismo do diplô.

Leia mais

SE EU QUISER FUMAR, EU FUMO

Em Tudo sobre minha mãe, clássico de Almodóvar de 1999, Marisa Paredes encena Huma Rojo, uma atriz reconhecida e cobiçada. Quando ela entra em um carro e acende seu cigarro, diz que começou o vício por causa de Bette Davis – queria ser igual a ela.

Leia mais

Dois ainda é pouco

O menage à trois no cinema, de Truffaut a Woody Allen.

Leia mais

VEJA QUE ROMBO

A revista Veja vê a crise europeia a partir de um viés apenas econômico.

Leia mais