revista o Viés

Na América, Ifemelu se descobriu negra

Americanah, o premiado romance da escritora nigeriana Chimamanda Ngozi Adichie, é uma história assumidamente política sobre racismo.

Leia mais

Woyzeck: versos em terras brasileiras

“Zé” é a adaptação brasileira de uma peça alemã inacabada que influenciou Bertolt Brecht e Beckett.

Leia mais

O manual antijornalístico de Umberto Eco

Número Zero, livro mais recente do filósofo italiano, satiriza o jornalismo superficial.

Leia mais

Os seis mergulhos da baleia

Cachalote é a primeira graphic novel escrita por Daniel Galera, em parceria com o desenhista Rafael Coutinho. Leia a resenha e a entrevista com o autor.

Leia mais

Persépolis: guerra e resistência nos quadrinhos

O quadrinho da história política do Irã e de uma jovem que, em contracorrente com o governo do seu país, buscava a revolução de si e do mundo. Pelo viés Maiara Marinho.

Leia mais

Poeta de uma multidão solitária

Terêncio Horto, personagem de André Dahmer, passa seus dias escrevendo reflexões sobre Facebook, arte e amores passados.

Leia mais

As ruas: poemas e reflexões pedestres, de Mauro Iasi

Crônicas, artigos, ensaios, prosa poética e poesia fazem parte da nova obra de Iasi, resenhada pelo colaborador Demetrio Cherobini.

Leia mais

Páginas com o sangue e os sonhos da periferia

O romance Capão Pecado revelou o talento de Ferréz, autor destacado na Literatura Periférica nacional. Seu intenso realismo traz histórias de luta e traição; de paixão e morte pela conquista da dignidade.

Leia mais

Na América Latina há muitos anos de solidão

Um comovente relato sobre a solidão da América Latina, que persegue seus habitantes, mas, no nosso caso, esse sentimento pode superar os cem anos. Pelo viés de Letícia Fontoura.

Leia mais

PARA QUEM ESTOU ESCREVENDO?

Jornalismo não é literatura, portanto é imprescindível a veracidade dos fatos descritos. Mas, isso não impede que a escrita contenha um pouco de subjetividade, sem deixar de ser objetiva. Pelo viés da colaboradora Maiara Marinho.

Leia mais

QUIROGA, UM PRECURSOR DO REALISMO FANTÁSTICO

Ainda hoje um anônimo para muitos admiradores da literatura latina, Horacio Quiroga instalou-se como uma voz determinante no panorama das letras na América do Sul. Pelo viés do colaborador Atílio Alencar.

Leia mais

JORNALISMO DE VERDADE SOBRE CUBA

Um resenha sobre “Os últimos soldados da Guerra Fria” de Fernando Morais, pelo viés do colaborador Alexandre Haubrich.

Leia mais