A MARCHA DA MACONHA

[FOTOGRAFIA] A Marcha da Maconha em Santa Maria, realizada no dia 4 de junho, pelas lentes de Fernanda Bona e pelo viés de William Vinderfeltes

A+ A-
Acompanhando o movimento nacional que debate a descriminalização e a legalização da maconha, ocorreu no domingo, 3 de junho, em Santa Maria, a Marcha da Maconha. A manifestação é um movimento social e cultural que tem o objetivo de questionar a nossa sociedade sobre a proibição da erva. O movimento, assim,discute a questão do plantio e do consumo. A mobilização procura estimular o debate entre a população brasileira.
Questionar, por exemplo, se os presos, pelo simples fato de plantar cannabis para uso pessoal, deveriam ser criminalizados. A marcha levanta um tema que atinge diversas famílias brasileiras e, por isso, deve ser questionado por todos. Com objetivo central de promover a discussão sobre o uso da planta e demonstrar para sociedade a sua inadequada proibição, a Marcha da Maconha desfilou por cerca de 37 cidades brasileiras, sendo destas 15 capitais. Em Santa Maria, a manifestação percorreu as principais ruas do centro da cidade. Com uma organização que abarcou diversos setores da sociedade, a mobilização em Santa Maria deu o primeiro passo em torno do debate sobre a legalização e a descriminalização do uso da maconha.

   

   

   

   

   

   

   

 

A MARCHA DA MACONHA, pelas lentes da colaboradora Fernanda Bona* e pelo viés do colaborador William Vinderfeltes**

*Fernanda Bona é fotógrafa e estudante de Artes Visuais da UFSM.

**William Vinderfeltes é estudante de Comunicação Social – Jornalismo da UFSM e integrante da comissão de organização da Marcha da Maconha 2012.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this pageEmail this to someone