revista o Viés

Kiss 2 anos: punhos pulsantes, corações em luta

Nestes dois anos desde a noite do dia 27, a cidade se reencontra com sua dor mais pulsante para não deixar esquecer e para não querer esquecer. Veja textos e charges relacionados ao caso da Boate Kiss

Leia mais

A vida tem que continuar

Kiss 2 anos: a vida tem que continuar, charge de Rafael Balbueno.

Leia mais

Kiss 2 anos: Venha iluminar esta noite

Vamos continuar nossa luta por justiça e segurança a todos.

Leia mais

A flor de todos os dias

“Bom dia, flor do dia!”, o perfil de Carol, a estudante que acordava feliz e animada.

Leia mais

Qual é o meu nome?

Um perfil sobre Augusto, um jovem estudante de Santa Maria, assim como tantos outros milhares, com um desfecho surpreendente.

Leia mais

Estudante clandestino, pensamento ilegal

O resgate do movimento estudantil que resistiu à ditadura e redemocratizou a política brasileira.

Leia mais

Boas festas! Para quem?

Mais um fim de ano carregado de esperanças e contradições.

Leia mais

Cuba e EUA: o significado político de um dia histórico

Os novos contornos na relação entre os dois países são analisados pelo jornalista Alexandre Haubrich.

Leia mais

Momentos de uma noite a Oxum e suas filhas

Encontro na comunidade de terreiro Ilê Axé Ossanha Agué, situada no Loteamento Cipriano da Rocha, Zona Oeste de Santa Maria, lança documentário sobre ilustre moradora da cidade: “Dona Lila: Uma Senhora de Oxum”.

Leia mais

Resistência urbana e cultural na biblioteca

Terceiro edição “Cidade Cultura… pra quem?” movimentou a biblioteca municipal, teve shows locais e apresentação de Nocivo Shomon

Leia mais

As dicotomias essenciais entre Cuba e EUA ainda persistirão

Se o reestabelecimento das relações entre Cuba e os Estados Unidos for feito com base na mera conciliação de categorias aparentemente incompatíveis, corre-se o risco de que ideias hegemônicas sobre ambos os países simplesmente se fortaleçam.

Leia mais

Por que a exceção vira regra? A epidemia de cesáreas no Brasil e a violência obstétrica

A praticidade com que o nascimento ocorre cirurgicamente é marca dos nossos tempos cada vez mais mercantilizáveis: “time is money” !

Leia mais
css.php