FLOGGING MOLLY

Aí está uma banda praticamente desconhecida no Brasil, que, mesmo lançando todos seus discos de forma independente, vem causando impacto na música estadunidense e européia. Formada no ano de 1997 em Los Angeles, o grupo tem 7 integrantes, todos descendentes de irlandeses, com exceção do vocalista, Dave King, que é irlandês nato. [youtube=http://www.youtube.com/watch?v=PVBjtfPRjGk&hl=pt_BR&fs=1&] O som […]

A+ A-

Aí está uma banda praticamente desconhecida no Brasil, que, mesmo lançando todos seus discos de forma independente, vem causando impacto na música estadunidense e européia. Formada no ano de 1997 em Los Angeles, o grupo tem 7 integrantes, todos descendentes de irlandeses, com exceção do vocalista, Dave King, que é irlandês nato.

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=PVBjtfPRjGk&hl=pt_BR&fs=1&]

O som de Flogging Molly pode ser considerado punk celta: mistura guitarra, baixo e bateria pesados, com banjo, violino, bandolim, flautas e outros instrumentos da música típica irlandesa. As temáticas preferidas da banda são a Irlanda, política, bebidas (uísque e/ou cerveja, se possível), ressaca , e às vezes amor. Os singles mais conhecidos do Flogging Molly são Drunken Lullabies (vídeo acima), If I ever leave this world alive (última música do filme P.S. Eu te amo) e What’s left of the flag.

Em 2008 foi lançado com o álbum Float, e o single homônimo, com um clipe sensacional (vídeo abaixo), chegou a ser número 40 na Billboard (ranking das músicas mais ouvidas de EUA e Reino Unido), na categoria Rock Moderno. Outro single, Requiem for a dying song, chegou à 35ª posição recentemente. Um grande número de fãs brasileiros espera ansiosamente por um show do Flogging Molly por aqui, e ele deve estar próximo, já que Gogol Bordello e outras bandas de punk independente estão começando a colocar o Brasil no mapa de suas turnês.

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=R-PmyAfQ5xY&hl=pt_BR&fs=1&]

Flogging Molly, pelo viés de Mathias Rodrigues em 29/11/2009

mathiasrodrigues@revistaovies.com

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=PVBjtfPRjGk&hl=pt_BR&fs=1&]
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this pageEmail this to someone