SEM FRESCURA, PORRA!

A maneira de entrevistar dá ao programa um rosto, um passo, determinado dinamismo, marasmo, sono…zzz…Não se o entrevistador for o excelente e seríssimo ator Paulo César Pereio, o rei do Cinema Novo, do Cinema Marginal e da Pornochanchada, essa relíquia brasileira que tanto alegrou e alegra as madrugadas de um povo sem sono e propício […]

A+ A-

A maneira de entrevistar dá ao programa um rosto, um passo, determinado dinamismo, marasmo, sono…zzz…Não se o entrevistador for o excelente e seríssimo ator Paulo César Pereio, o rei do Cinema Novo, do Cinema Marginal e da Pornochanchada, essa relíquia brasileira que tanto alegrou e alegra as madrugadas de um povo sem sono e propício a ver um bom filme.

Pereio é de Alegrete (RS) e foi parar num Rio de Janeiro explodindo em cultura, sexo, drogas e bossa nova. Gostou tanto que adotou o sudeste para viver e trabalhar. O ator é uma das figuras mais importantes e  excêntricas da cena cultural brasileira, lançando, há alguns anos atrás, a campanha para derrubar a estátua do Cristo Redentor, que segundo ele “é uma interferência indevida na paisagem. O morro onde ela está é lindo. O Cristo só atrapalha o visual do lugar”.

É Pereio que faz do Programa Sem Frescura (a homenagem cômica ao programa Sem Censura, apresentado na TV Brasil pela jornalista Leda Nagle) um expoente na TV atual brasileira. É um papo atirado, jocoso, um encontro de duas personalidades numa sala, estúdio, o que for. Vale conferir o programa pelo Canal Brasil (não confundir Canal Brasil com TV Brasil, mesmo que os dois sejam ótimos) ou alguns deles pelo youtube.

Aqui, a primeira dica, depois de viciado, é só seguir pelo youtube ou pelo sítio do programa.

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=fqdJlilLtjo]

SEM FRESCURA, PORRA! pelo viés de Bibiano Girard

bibianogirard@revistaovies.com

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this pageEmail this to someone