HISTÓRIAS DE CASARES

Um pouco sobre o grande contista argentino Adolfo Bioy Casares e sua coletânea de contos Histórias Fantásticas

A+ A-

 

“Escrevo histórias fantásticas porque minha mente as suministra, porque sou feliz escrevendo-as e porque desde muito cedo senti como uma incongruência o fato de que esta vida que temos possa bruscamente cessar”, é o que diz Adolfo Bioy Casares no prefácio de seu livro, Histórias Fantásticas. O grande contista argentino,  nessa compilação de contos, oferece ao leitor histórias que, em meio a cenários e cenas cotidianas e passíveis de realidade, são pintadas com acontecimentos fantasiosos criados por uma grande mente.

Casares, que faleceu no ano de 1999, era um grande amigo de Jose Luis Borges, outro grande nome da literatura fantástica argentina. Os dois chegaram a escrever uma série de história juntos, entretanto o destaque maior é dado sempre a Borges, considerado um dos pais do conto moderno. Casares, por sua vez, é consagrado como mestre no gênero. Há quem prefira um, há quem prefira outro. Há quem diga que ambos possuem um pouco do esnobismo porteño. Entretanto, é verdade que todos convergem em dizer que os amigos marcaram a história da literatura da Argentina.

Histórias Fantásticas, de Adolfo Bioy, foi lançado no Brasil há pouco tempo. Estão os 14 contos organizados como na edição original: em ordem cronológica, o que permite acompanhar a evolução ou as mudanças na narrativa.  Um dos contos que mais chama a atenção chama-se “A trama celeste”. Nele, um aviador militar tem a experiência acidental de ser levado a uma realidade paralela à da vida. Se cria uma confusão no personagem, já que ele é o ponto de contato entre duas dimensões diferentes. Assim, é tido como louco, pois começa a misturar e confundir pessoas e vivências acontecidas em cada uma das realidades.

Além de contos, Casares escreveu novelas e romances. Sempre vivendo em Buenos Aires (e quase sempre fazendo da capital argentina o espaço de suas histórias), ao longo da vida ganhou muitos prêmios. O livro Histórias Fantásticas é uma boa obra para se começar a conhecer o escritor. Com contos de várias épocas, dá oportunidade de mergulhar em várias fases do estilo Casariano.

HISTÓRIAS DE CASARES, pelo viés de Liana Coll

lianacoll@revistaovies.com

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this pageEmail this to someone
  • rosssseildes

    seus livros sao uma obra divina parabens pois é um grande escritor.