O DIA DE UM ESCRUTINADOR, ÍTALO CALVINO

ESTANTE: Ítalo Calvino descreve singelamente uma sociedade de fortes apegos e de grandes ideais, pelo viés de João Victor Moura

A+ A-

Em 1963 era lançado “O dia de um escrutinador”. Ítalo Calvino (1923-85), autor cubano de nascença, mas italiano por criação, usava de suas experiências como escrutinador em duas eleições na Itália para construir Amerigo Ormea, comunista que passava por uma provação – fiscalizar as eleições em um Sanatório de caridade católica.

A situação na Itália daquela época é ponto importante da história. O período fascista acabara e três forças políticas disputavam o governo: o Partido Democrata-Cristão, o Partido Comunista e o Partido Socialista (os últimos dois tendo uma relação por vezes quase de unidade partidária e outras de cisão). Ítalo Calvino até 1956 era filiado ao Partido Comunista e em 1953 e 1961 fiscalizou as eleições representando o PC.

O local da ação acrescenta conflito à história: um Hospital de doentes e deficientes de todas as patentes mantido pela Igreja Católica. Ora, não haveria situação mais adversa para um escrutinador contrário ao Partido Democrata-Cristão, seja ele do Partido Socialista ou Comunista. Numa situação como essa, a procura pelo horizonte, por um voto comunista ou socialista, é quase em vão.

E o autor descreve todas essas situações, mas, para haver corpo na trama, todo aquele dia – à história não interessa nem o antes nem o depois daquele dia – é inundado por reflexões. Reflexões de Calvino em sua auto-representação Amerigo:

“Na política como em tudo mais na vida, para quem não é desmiolado, contam esses dois princípios: nunca criar demasiadas ilusões e não deixar de acreditar que tudo o que se fizer poderá ser útil.”

Em sua curta extensão (88 páginas) Calvino constrói um dia de um escrutinador e descreve singelamente uma sociedade de fortes apegos e de grandes ideais. 

O DIA DE UM ESCRUTINADOR, ÍTALO CALVINO, pelo viés de João Victor Moura

joaovictormoura@revistaovies.com

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this pageEmail this to someone