OS EFEITOS DA CRISE ECONÔMICA SOBRE A CLASSE TRABALHADORA – REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS A NOVA DEMOCRACIA, n° 57, set. 2009. A NOVA DEMOCRACIA, n° 56, ago. de 2009. A NOVA DEMOCRACIA, nº 42, abr. de 2008. ANTUNES, Ricardo. Adeus ao trabalho? Ensaio sobre as metamorfoses e a centralidade do  undo do trabalho. 3ª ed. São Paulo: Cortez, 1995. ANUÁRIO DOS TRABALHADORES – 2008. São Paulo: DIEESE, 2009. <http://www.dieese.org.br/anu/anuarioTrabalhadores2008/arquivos/t97.htm/>. […]

A+ A-

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

A NOVA DEMOCRACIA, n° 57, set. 2009.

A NOVA DEMOCRACIA, n° 56, ago. de 2009.

A NOVA DEMOCRACIA, nº 42, abr. de 2008.

ANTUNES, Ricardo. Adeus ao trabalho? Ensaio sobre as metamorfoses e a centralidade do  undo do trabalho. 3ª ed. São Paulo: Cortez, 1995.

ANUÁRIO DOS TRABALHADORES – 2008. São Paulo: DIEESE, 2009. <http://www.dieese.org.br/anu/anuarioTrabalhadores2008/arquivos/t97.htm/>. Acesso em: 31 ago. 2009.

BALANÇO DAS GREVES EM 2008, Estudos e Pesquisas nº45, São Paulo, DIEESE, julho de 2009.

BRASIL DE FATO, ano 7, número 357 de 31 de dez. de 2009 a 6 de jan. de 2010.

BRAVERMAN, Harry. Trabalho e capital monopolista – a degradação do trabalho no século XX. 3ª edição; Rio de Janeiro: Guanabara, 1987.

COSTA, Edmilson. A crise mundial do capitalismo e as perspectivas dos trabalhadores. Novos Temas, São Paulo, nº1, p. 133-150.

CRÍTICA SEMANAL DA ECONOMIA, nº 1082/1083, ano 26, 2ª e 3ª semanas de outubro de 2011.

FOLHA DE SÃO PAULO, 20 de jun. de 2009.

FOLHA DE SÃO PAULO, 02 de abr. de 2009.

FOLHA DE SÃO PAULO, 28 de mar. de 2009.

FOLHA DE SÃO PAULO, 23 de mar. de 2010.

FOLHA DE SÃO PAULO, 26 de mar. de 2010.

FOLHA DE SÃO PAULO, 23 de out. de 2009.

HUSSON, Michel. Fim do trabalho ou redução de sua duração? Revista Brasileira de Economia Política, Rio de Janeiro, nº5, p. 5-23, dez. de 1999.

INTERSINDICAL – Instrumento de luta e organização da classe trabalhadora, Caderno de Debates, n°2 – Crise, a classe no olho do furacão, 04/2009.

JUTEL, Luiz Paulo. Desgaste físico diário do cortador de cana é igual ao de maratonista.<http:www.ecodebate.com.br/2008/06/06/desgaste-fisico-diario-do-cortador-de-cana-e-igual-ao-de-maratonista>. Acesso em: 01 abr. 2010.

LESSA, Sergio. Trabalho e proletariado no capitalismo contemporâneo. São Paulo: Cortez Editora, 2007.

MARX, Karl. O capital – crítica da economia política – vol. I, Tomo 1. São Paulo: Abril Cultural, 1983.

MATTOSO, Jorge. O novo e inseguro mundo do trabalho nos países avançados. In: OLIVEIRA, Carlos Alonso Barbosa de. et al. (orgs.). O mundo do trabalho – crise e mudança no final do século. São Paulo: Scritta, 1994. P. 521-562.

PINHEIRO, Milton e MANZANO, Sofia. A Grécia e a oportunidade da história: o que fazer?

PRIEB, Sérgio. O trabalho à beira do abismo – uma crítica marxista à tese do fim da centralidade do trabalho. Ijuí: Editora Unijuí, 2005.

RELATÓRIO MUNDIAL SOBRE SALÁRIOS 2008/2009. Brasília: OIT, 2008. <http://www.oitbrasil.org.br/relatorio_mundial_2008.php>. Acesso em: 30 mar. 2009.

RELATÓRIO SOBRE O DESENVOLVIMENTO MUNDIAL 1995 – o trabalhador e o processo de integração mundial. Washington: Banco Mundial, 1995. 273 p.

SEABRA, Luciana. Desemprego nos EUA é reflexo claro da crise. <http://economiaclara.wordpress.com/2009/12/10/desemprego-nos-eua-e-reflexo-claro-da-crise>. Acesso em 31mar. 2010.

TENDÊNCIAS MUNDIAIS DE EMPREGO DA OIT 2010. Genebra: OIT, 2010. <http://www.oitbrasil.org.br/topic/employment/news/news_131.php>. Acesso em 01 abr. 2010.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this pageEmail this to someone