Mais
  • Lars von Trier diz "Ok, eu sou um nazista" e a imprensa adora. Pelo viés de Felipe Severo

    LARS VON TRIER E O SEU “ANTISSEMITISMO”

    Lars von Trier diz “Ok, eu sou um nazista” e a imprensa adora. Pelo viés de Felipe Severo

  • Em charge, a marcha da maconha e a máquina da repressão, pelo viés de Rafael Balbueno.

    A MARCHA DA MACONHA E A REPRESSÃO, QUE SEMPRE APARECE POR LÁ

    Em charge, a marcha da maconha e a máquina da repressão, pelo viés de Rafael Balbueno.

  • O jardineiro é o universo, e os animais somos nós. Pelo viés de Bibiano Girard

    PERTENCEMOS AO MESMO MUNDO

    O jardineiro é o universo, e os animais somos nós. Pelo viés de Bibiano Girard

  • O RETO: Uma compilação de fotos sobre o Pampa gaúcho acompanhadas de música.

    COM ESTE PAMPA NA GARUPA

    O RETO: Uma compilação de fotos sobre o Pampa gaúcho acompanhadas de música.

  • ESTANTE: O homem pensa porque tem mãos. Se você usasse melhor suas mãos saberia que isso é verdade. Pelo viés de Bibiano Girard

    KENOMA E O TEMPO

    ESTANTE: O homem pensa porque tem mãos. Se você usasse melhor suas mãos saberia que isso é verdade. Pelo viés de Bibiano Girard

  • O cheiro da moça chega com um canto e a partir daí todos começam a conhecer os trejeitos de cada personagem. Seu Nacib, futuro marido, o padrinho do casamento e futuro amante de Gabriela, as principais delas. A inocência de uma criança junto da sensualidade fazem a personagem atraente como a vida intensa deve ser e é. Nacib, certo da poeira dos retirantes, assombra-se com a beleza banhada da jovem. A atriz Juliet Castaldello, em seu monólogo, montou a situação para deslumbrar o espectador. Entre as ótimas escolhas estéticas, a luz, ora amarelada, ora avermelhada, em outros momentos centralizada em uma personagem, faz no chão do palco sombras certas, junto do emaranhado através da teia de tecido ao fundo. O...

    O VIGOR DAS COISAS ETÉREAS

    O cheiro da moça chega com um canto e a partir daí todos começam a conhecer os trejeitos de cada personagem. Seu Nacib, futuro marido, o padrinho do casamento e futuro amante de Gabriela, as principais delas. A inocência de uma criança junto da sensualidade fazem a personagem atraente como a vida intensa deve ser e é. Nacib, certo da poeira dos retirantes, assombra-se com a beleza banhada da jovem. A atriz Juliet Castaldello, em seu monólogo, montou a situação para deslumbrar o espectador. Entre as ótimas escolhas estéticas, a luz, ora amarelada, ora avermelhada, em outros momentos centralizada em uma personagem, faz no chão do palco sombras certas, junto do emaranhado através da teia de tecido ao fundo. O…

  • Aumento da passagem. Integração "pela metade". Isso é transporte público? Pelo viés de João Victor Moura

    SIM – SISTEMA INTEGRADO DE MENTIRINHA

    Aumento da passagem. Integração “pela metade”. Isso é transporte público? Pelo viés de João Victor Moura

  • Esse corpo estranho e já sem vida serve de válvula filosófica para que homens e mulheres disparem construções acerca daquele elemento novo e diferente do que já se tinha visto.

    O AFOGADO MAIS BONITO DO MUNDO

    Esse corpo estranho e já sem vida serve de válvula filosófica para que homens e mulheres disparem construções acerca daquele elemento novo e diferente do que já se tinha visto.

  • Sabe aquela vontade que dá de ver o que acontece atrás do palco? pelo viés de Bibiano Girard

    O ESPETÁCULO COMEÇOU

    Sabe aquela vontade que dá de ver o que acontece atrás do palco? pelo viés de Bibiano Girard

  • Calar, consentir ou perceber? As opressões estão aí - e a gente pode nem ver. Pelo viés de Nathália Costa

    SOBRE AS OPRESSÕES “SUTIS”

    Calar, consentir ou perceber? As opressões estão aí – e a gente pode nem ver. Pelo viés de Nathália Costa

  • Código Florestal Brasileiro alterado pode ser um tiro no próprio pé. Pelo viés de Bibiano Girard

    DESMATAR IS MONEY

    Código Florestal Brasileiro alterado pode ser um tiro no próprio pé. Pelo viés de Bibiano Girard

  • Boniteza para o sábado, dia 14 de maio: o amarelo do nordeste na sensual inocência de Gabriela. No palco, a personagem e a música da banda que a acompanha.

    GABRIELA, CRAVO E CANELA

    Boniteza para o sábado, dia 14 de maio: o amarelo do nordeste na sensual inocência de Gabriela. No palco, a personagem e a música da banda que a acompanha.

http://www.revistaovies.com/cialis-professional-online.html | http://www.revistaovies.com/advance-cash-cash-loan-payday.html | http://www.revistaovies.com/generic-cialis-does-it-work-drugs.html | buy the uk genuine pfizer viagra | advance cash