AS OBRAS DE ROBERTO PLOEG

AS OBRAS DE ROBERTO PLOEG: Roberto van der Ploeg é um pintor holandês que, desde 1979, mora no Brasil. Ao chegar à Recife se estabeleceu no Alto do Pascoal, com vista para o Estádio do Arruda. Foi ali que, nas palavras do artista, sentiu “amor à primeira vista” pelo Santa Cruz Futebol Clube. Suas pinturas […]

A+ A-

AS OBRAS DE ROBERTO PLOEG: Roberto van der Ploeg é um pintor holandês que, desde 1979, mora no Brasil. Ao chegar à Recife se estabeleceu no Alto do Pascoal, com vista para o Estádio do Arruda. Foi ali que, nas palavras do artista, sentiu “amor à primeira vista” pelo Santa Cruz Futebol Clube. Suas pinturas ilustraram o perfil do time pernambucano, incluído na 47ª Edição da revista. Aqui, as obras que ilustram a matéria e várias outras.

As obras daqui em diante retratam artistas presos sendo apresentados à imprensa. A primeira retrata Gil Vicente, autor das polêmicas obras onde o próprio Vicente aparece ameaçando, com facas ou revólveres, autoridades mundiais. Ploeg o retratou em seu ateliê, numa cena que o próprio artista holandês considerou uma “brincadeira, Gil finalmente preso após tantos sequestros e ameaças à vida que ele cometeu na sua série de desenhos intitulada ‘Inimigos'”. Primeiramente seis quadros foram feitos para a exposição “Ecce Homo”. Depois o artista continou criando obras do mesmo estilo e escreveu assim sobre a série. “[São] retratos de pessoas presas sendo apresentadas à imprensa. Coisa que a gente vê diariamente nos jornais. Uma fotografia de alguém que não quer ser fotografado, não quer ser (re)conhecido. O leitor procura ver, o retratado procura esconder-se. Quis levar essa tensão entre um esconder-se e revelar-se para uma série de retratos de artistas amigos que admiro. Procuro prender, captar o artista, normalmente escondido por trás de sua obra, num retrato que tem certa crueza. Coloca-se a pessoa à força na parede. O procedimento leva a reflexões em torno da relação entre biografia e obra, entre identidade e arte. Com esta pintura de uma série de retratos de pintores volto até a uma tradição antiga dos séculos XVI e XVII, quando se fazia coleções de pinturas ou gravuras de retratos de pintores da época”. Os artistas nomeiam as obras, seus títulos podem ser vistos passando o cursor por cima de cada tela.

Para mais de Roberto Ploeg veja seu site e seu blog pessoal.

AS OBRAS DE ROBERTO PLOEG, pelo viés de João Victor Moura

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this pageEmail this to someone
  • Alzira

    Adorei conhecer vocês. Vocês são pessoas bem especiais. Roberto, fiquei encantada com seus quadros. Amei suas obras (verdadeiras obras de arte).
    Abçs