OS PASSOS EM COLONIA

O RETO: A colaboradora Júlia Schnorr expõe seus passos por Colonia, no Uruguay, através das lentes.

A+ A-

OS PASSOS EM COLONIA: Colonia, situada na beira do Rio do Prata e fundada em 1680, é hoje considerada Patrimônio da Humanidade. O terceiro maior departamento do Uruguai, que tem como Colonia sua capital, foi disputado por impérios que desejavam usufruir da posição geográfica estratégica. A Coroa portuguesa não ficou de fora e dominou a região por várias décadas. Nos dias sem nuvens, pode-se ver tranquilamente os prédios mais altos de Buenos Aires.

Situada a menos de 200 km da capital uruguaia, Colonia é o destino tranquilo para quem quer ir de buquebus para a Argentina ou simplesmente deseja conhecer a cidade histórica, tipicamente portuguesa, e caminhar por suas praias de rio. Colonia é bela e simples, tem pés de plátano por várias ruas, um aquário interessante, uma antiga praça para touradas e casas históricas que hoje são restaurantes ou ateliês.

Muito mais que o local de passagem entre Buenos Aires e Montevideo, a pequena cidade deve ser conhecida a pé ou através de pedaladas. Além de ser fácil alugar uma bicicleta, o trânsito em duas rodas é tranquilo, comum e seguro.

 

 

 

Flores na beira do Rio da Prata. Foto: Júlia Schnorr

O trajeto de Colonia para Buenos Aires é feito pelo Buquebus e dura pouco mais de uma hora. Foto: Júlia Schnorr

1. Famosa ''rua dos suspiros'', antiga calle repleta de bordéis. 2. Assim como em Porto Alegre e Montevideo, os pés de plátano enfeitam as ruas de Colonia. Fotos: Júlia Schnorr

Habitantes de Colonia pescam no Rio da Prata. Foto: Júlia Schnorr

Por-do-sol e mate: combinação preferida no final da tarde. Foto: Júlia Schnorr

1. Mais um exemplar do museu a céu aberto. 2. As antigas casas são hoje ateliês e restaurantes. Fotos: Júlia Schnorr

Museu a céu aberto. Foto: Júlia Schnorr

Homem aguarda ônibus na rodoviária. Foto: Júlia Schnorr

Típica rua de colonização portuguesa. Foto: Júlia Schnorr

Vira-latas circulam livremente pelas ruas vazias no interior uruguaio. Foto: Júlia Schnorr

Espetáculo de cores a cada final de tarde. Foto: Júlia Schnorr

1. Colonia é ponte turística para os viajantes que vão de Montevideo para Buenos Aires. 2. Carros antigos são peças de arte nas ruelas da cidade. Fotos: Júlia Schnorr

1. Lembranças num carro abandonado na rua. 2. Filho de comerciante peruano com uruguaia: os traços indígenas são difíceis de se encontrar no Uruguai, já que séculos atrás eles foram extintos ou expulsos. Fotos: Júlia Schnorr

1. Cada dia, de uma maneira diferente, o céu se pinta de cores distintas. 2. Banhistas observam o por-do-sol, ao fundo estão os prédios da capital porteña. Fotos: Júlia Schnorr

À noite, quando as ruas são iluminadas pelas antigas luminárias parecemos voltar no tempo. Foto: Júlia Schnorr

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


 

 

 

OS PASSOS EM COLONIA, pelo viés da colaboradora Júlia Schnorr*

*Júlia Schnorr é Mestranda em Comunicação Midiática na UFSM, Graduanda em Jornalismo na UFSM e Graduada em História também pela UFSM. É repórter da Oficina de Vídeo TV OVO. Leia mais de Júlia Schnorr na revista o Viés.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Print this pageEmail this to someone