Viajar ou não viajar? Ou o paradoxo da travessia de fronteiras geopolíticas

A promessa é certeira: viajar daqui para lá te faz uma pessoa melhor. Ou não será tão simples assim?

“Esse mundo de merda está grávido de outro”

Aos 74 anos, falece Eduardo Galeano, jornalista e escritor uruguaio.

Sobrecoxas

Comer uma coxinha representava comunhão com uma série de temas sociais e políticos problematizados no ato. E também um grande deboche. Pelo viés de Calvin Furtado.

Pessoas trans, escolas e universidades

Refletir sobre educação e diversidade sexual tem sido uma constante nos últimos anos. Embora haja inúmeros motivos para isso, há algo basilar que parece escorrer pelas nossas vistas quando pensamos em crianças em escolas: são apenas crianças.

Vaga na UFSM, pensamento na aldeia

Em encontro com reitor da UFSM, estudantes e lideranças indígenas apresentam reivindicações, reclamam da precariedade e exigem seus direitos.

A dialética perversa do maniqueísmo

Normas, leis e burocracia são os fetiches do ser maniqueísta.

Emad Burnat: ‘A câmera sempre foi uma testemunha muito importante’

Entrevista com Emad Burnat, diretor do documentário ‘5 Câmeras Quebradas’.

A realizar-se no dia 1º de abril de 1964

Sr. e Sra. Franz e Sr. e Sra. Amaral têm o prazer de convidar V. S. e digníssima família para a cerimônia de benção nupcial de seus filhos.

Na época da ditadura…

Na época da ditadura…, pelo viés de Rafael Balbueno.

Quilombo, um outro nome para resistência

Atílio Alencar escreve sobre uma história negligenciada, mas pronta para ser reescrita.

Soneto do cidadão de bem

Demetrio Cherobini escreve sobre “o santo-do-pau-oco moralista, que posta de fiscal da vida alheia”.

Diários de Viagem: A rua é o lugar

O Timor Leste pelo viés de Igor S. Berned na série “Derivas no Infinito”

O Reto

Aquecendo a bateria pra Muamba

O primeiro agito da bateria da Escola de Samba Arco Íris, no ensaio geral da Muamba contra o racismo, o machismo, a homofobia e a intolerância religiosa

Leia mais

A Estante

Poeta de uma multidão solitária

Terêncio Horto, personagem de André Dahmer, passa seus dias escrevendo reflexões sobre Facebook, arte e amores passados.

Leia mais

Mais do Viés

Visões legítimas do mundo

O que faz a mídia assumir o papel de um ator político? As relações entre os meios de comunicação e a esfera política são explicadas por Bruna Andrade.

Quem marchou dia 15?

“Devemos unir forças não só na defensiva, mas também no sentido de criar mudanças reais e efetivas ao que está posto”. Pelo viés do colunista Alcir Martins.

Os guarani querem sua tekoa inteira

Demora para acessarem as construções e a totalidade do terreno cedido para a aldeia Guaviraty Porã, em Santa Maria, preocupa os indígenas

Bordergate: as cancelas da fronteira

Pedido de colaboração para tese de doutorado sobre as fronteiras do Rio Grande do Sul.

A (dis)função da mídia e a disputa por agendas políticas

Espetáculo é o fermento usado para inflar a massa e atrair o maior número possível de indecisos para uma festa televisionada durante o domingo. pelo viés de Calvin Furtado

O que é protagonismo?

A questão do protagonismo dentro dos movimentos sociais, pelo viés do colunista Luiz Henrique Coletto.

Sobre a mídia e sobre nós

“Ainda vivemos em uma sociedade patriarcal, com uma mídia que, com raras e honrosas exceções, trabalha simbolicamente pela sua perpetuação”. Pelo viés da colunista Bruna Andrade.

Um teto para escrever, uma escrita para ser

Olhem o quanto já caminhamos de Virginia até aqui, e nós mal começamos a andar.

Mulher negra: um passado de dor, um futuro de luta

A luta da mulher negra “está ligada também ao reconhecimento de sua história, de seus feitos, da beleza de sua ancestralidade, do respeito a sua religião e de sua força como mulher”. Pelo viés da colaboradora Arianne Teixeira de Lima.

a boca na folha escolhe como soa

cinco poemas e um lance, pelo viés de Caren Rhoden

para mais conteúdo, veja nosso acervo

Parceiros