O golpe é a regra

No Brasil, até hoje, apenas cinco presidentes eleitos pelo voto conseguiram completar seus mandatos: Mar. Gaspar Dutra, Juscelino, FHC, Lula e Dilma – sendo que esta talvez não complete seu governo. Em nossa história, o golpe tem sido a regra. Democracia é a exceção. Pelo Viés de Gabriel Vaccari

Groove para OCUPAr o cenário

Guantanamo Groove lança disco OCUPA no Treze de Maio nesta quinta, 31, e conversa com o Viés sobre o show, o processo de produção do álbum e sobre os planos para o futuro

O Super Moral de Cueca!

Ele adora dizer o que devem fazer para moralizar e endireitar o país. O que os outros devem fazer, no caso. O Super Moral de Cueca na charge de Rafael Balbueno.

Tivemos o mesmo sonho de algumas semanas atrás: falamos com a Vespertinos

Quinteto santa-mariense leva a vida cantando as cores de um encontro que, depois da chuva, pode já ter acabado.

A casa aos pedaços da cidade cultura

Fechada desde dezembro de 2015, a Casa de Cultura de Santa Maria aguarda atenção. Na última década, pouco foi feito.

Pode levar maleta, só não pode agressão

A apreensão e fiscalização de comerciantes informais na cidade tem se intensificado pela administração municipal. Mas os senegaleses que vivem em Santa Maria nem sempre conseguem emprego formal rápido.

“Que se faça a vontade do Rei”

“Não pode juntar a galera e beber na rua. Não pode pegar o violão e tocar música no Calçadão. Não pode comemorar aprovação no vestibular”, um relato de Fernanda Arispe sobre a cidade abandonada

Na América, Ifemelu se descobriu negra

Americanah, o premiado romance da escritora nigeriana Chimamanda Ngozi Adichie, é uma história assumidamente política sobre racismo.

Plenária Pública debateu ações contra o aumento da passagem do transporte em Santa Maria

Primeiras atividades serão em conjunto com luta por justiça de pais e familiares das vítimas da tragédia na Boate Kiss

Isolar o fato e pôr a culpa nos astros: o plano de fuga perfeito

Por que crimes ambientais como da barragem da Samarco em Mariana (MG) viram “desastres” e “acidentes”? pelo viés da colunista Marília De Nardin Budó

As histórias que nos contam

Aumentar e melhorar a representatividade feminina no audiovisual passa por motivar mais mulheres a escreverem suas histórias, as histórias que imaginam, as histórias que vivem, as histórias das que gostariam de ser protagonistas ou as histórias das quais são vítimas

Às mulheres, nenhum escrúpulo, presidente?

Uma análise sobre os desastrosos atrasos votados pelo congresso mais conservador desde 1964 contra direitos das mulheres.

O Reto

“Pílula Fica, Cunha Sai”: Marcha em Santa Maria (RS)

A marcha “Pílula Fica, Cunha Sai” iniciou por volta das 18h30 e, mesmo com o calor de quase 35 graus, as mulheres ecoaram os gritos pela autonomia de seus corpos e pela derrubada do deputado Eduardo Cunha.

Leia mais

Não deixe o carnaval acabar!

Era uma quarta-feira, mas sem cinzas. Quatro de dezembro: Dia do Samba. No Mercado Público de Pelotas, tambores, pandeiros e passistas pediam NÃO DEIXE O SAMBA MORRER/NÃO DEIXE O CARNAVAL ACABAR.

Leia mais

Zumbi, presente! Ocupação do Leblon por negras e negros do Rio de Janeiro e ensaio no Morro da Mangueira.

20 de novembro: negras e negros ocupam o Leblon. Foi uma hora de caminhada até encontrar aquele grupo que me faria pensar: existe amor, existe espírito coletivo e existe um futuro.

Leia mais

A Estante

Sete gatinhos em retalhos

Os Sete Gatinhos que miam convulsamente no espetáculo da Retalhos o fazem com a inegável marca de Nelson Rodrigues.

Leia mais

De alguma forma, Lamarca vai ao Fórum

O homem que somou inúmeros desrespeitos a sua memória volta a Porto Alegre, desta vez como homenageado.

Leia mais

Na América, Ifemelu se descobriu negra

Americanah, o premiado romance da escritora nigeriana Chimamanda Ngozi Adichie, é uma história assumidamente política sobre racismo.

Leia mais

Medianeras, o lado que ninguém quer se deparar

Uma janela que se abre e uma vontade de ver a luz: Medianeras, filme de Gustavo Taretto, nos mostra que é possível desabrochar no meio do cimento

Leia mais

Um espetáculo vespertino para entrar na memória

Mariana Feistauer faz um relato de sua corrida para chegar – atrasada – no espetáculo da banda Vespertinos, em Santa Maria.

Leia mais

Mais do Viés

A noite nos tempos da Catacumba

Nas memórias de Atilio Alencar, a saudosa Catacumba, o lugar de tempos perigosos vividos naquelas insalubres dependências.

Unicórnios Existem. Esquerdomachos Também

“Por que sempre é mais fácil ouvir o choro do homem arrependido do que os gritos de raiva da vítima?” Um relato sobre violência à mulher na esquerda política

Ruído: é sempre amor, mesmo que mude [podcast]

É possível combinar amor e liberdade? Os relacionamentos não monogâmicos estão livres de opressão? Ouça o podcast do programa que discutiu as diversas formas que o amor assume, para além da tradicional monogamia

Tempestades, raios e alagamentos em Santa Maria: saiba como ajudar

Na tarde desta quinta, 08, cerca de 380 famílias estavam desalojadas na cidade por conta da chuva dos últimos dias, que já excede média mensal. Saiba como ajudar.

La Negra: uma voz que rompe fronteiras

Era isso que Sosa fazia: aproximar gente, integrar gerações e rincões da América Latina. Resenha do documentário “Mercedes Sosa: A Voz da América Latina”.

Desgraciadamente el gobierno…

“Me dá uma impotência como pai sair por aí e dizer que tenho um filho desaparecido. Não conseguimos expressar nossa dor”, afirmou Mario César Gonzáles, cujo filho é um dos 43 estudantes desaparecidos há um ano em Ayotzinapa, México

Tarja branca: o regaste à criança interna é revolucionário

“A liberdade é perigosa, o sonho é perigoso, a reinvenção daquilo que a gente vive é sempre uma desestabilização do status quo”. (Maria Amélia Pereira). Resenha do documentário Tarja Branca.

“Doença é um espírito que não avisa quando chega”

A visita de estudantes participantes do VER-SUS à comunidade Kaingang de Ketyjug Tegtu

Programa Ruído: burlando o mercado

Programa Ruído debateu formas de economia alternativa com Kalu Flores, organizador do Brique da Vila Belga, e Yuri Lima, da banda Guantánamo Groove. Ouça o podcast

A história de uma fotografia

“A negação de ouvir sua história era a afirmação admitida do teor fantasioso dela. Ignorar sua fala e atentar ao seu corpo, sua expressão, a intensidade da fala e a velocidade dela, era permitir um diálogo fantástico de desencontro.”

O manual antijornalístico de Umberto Eco

Número Zero, livro mais recente do filósofo italiano, satiriza o jornalismo superficial.

(Há) Um lugar LGBT no capitalismo?

Afinal, quem são nossos aliados e inimigos? O capitalismo e o mercado são aliados do movimento LGBT? Ou são inimigos por natureza? pelo viés do colunista Luiz Henrique Coletto

para mais conteúdo, veja nosso acervo

Parceiros